Meditação Diária

Recompensas da vida

1 de dezembro

“Começamos a rogar apenas a vontade de Deus em relação a nós. Desta maneira, alcançamos apenas aquilo com que somos capazes de lidar.”

Texto Básico, p. 55

 
          Imaginem o que aconteceria se Deus nos desse tudo o que quiséssemos. Um carro novo maravilhoso, notas máximas, um triplo aumento de salário - tudo recebido sem esforço, só por termos pedido.
          Agora imaginem os problemas que viriam junto com fortunas não conquistadas, carros novos luxuosos e notas escolares não merecidas. O que faríamos com um enorme aumento de salário dado sem nenhuma razão? Como lidaríamos com nossas novas responsabilidades financeiras? Como viveríamos de acordo com essa mudança? Poderíamos aparentar que merecemos tal pagamento quando sabemos que não?
          E quanto àquele carro fantástico? A maioria vem com apólices de seguro caras e custos de manutenção pesados. Estamos preparados para cuidar daquilo que pedimos?
          Honras acadêmicas? Poderíamos nos apresentar como alunos do mais alto nível depois de nos terem dado notas altas que não merecemos? O que faríamos se fôssemos expostos como fraudes?
          Quando falamos com Deus, precisamos nos lembrar que vivemos no mundo real. Ganhamos recompensas e vamos aprendendo a lidar com elas à medida que as vivenciamos. Limitando nossas orações a pedir o conhecimento da vontade de Deus, o poder de realizá-la e a capacidade de vivermos com as consequências, teremos certeza de não receber mais do que podemos dar conta.
 


Só por hoje: vou orar somente para conhecer a vontade de Deus e pelo poder de realizá-la no mundo real.


Copyright (c) 2000 by Narcotics Anonymous World Service
Todos os direitos reservados - ISBN 978-1-55776-380-8 Portuguese (Brasil) 6/18